segunda-feira, 19 de novembro de 2012 0 comentários

Como aproveitar o Black Friday





Alexandre Jubran (ilustração)
Black Friday: corrida para a liquidação

Multidão acampada em frente à Best Buy. Empurra-empurra na abertura de portas do Walmart. Congestionamento de cotovelos nos balcões da Macy’s. Eis a Black Friday, o dia em que as principais lojas dos estados unidos organizam um saldão coletivo, promovem descontos acima de 50% e levam os consumidores à loucura. o evento acontece apenas uma vez por ano, um dia após o tradicional feriado de thanksgiving, sempre celebrado na quarta quinta-feira de novembro. a Black Friday de 2012 será, portanto, no dia 23 deste mês. Faz pelo menos 200 anos que o comércio do país se encarrega de promover seus maiores descontos nessa época, inaugurando a temporada de compras natalinas, mas a data se consolidou como um feriado extraoficial na década de 1990. Foi quando os shoppings e as grandes lojas criaram o costume de abrir durante a madrugada de quinta para sexta. o sucesso é estrondoso. Desde 2005, esse é o melhor dia do comércio americano. em 2011, em plena crise financeira, foram faturados US$ 11,4 bilhões, um aumento de 6,6% em relação ao evento anterior. Não por acaso, a teoria mais aceita sobre o surgimento do nome Black Friday diz que ele foi criado na década de 1960, quando os comerciantes usavam uma caneta preta para marcar o saldo positivo nos balanços contábeis.
. : : MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA : : .
As estratégias infalíveis para você se dar bem na Black Friday
  • Desbloqueie o cartão de crédito Parece óbvio, mas já imaginou a frustração se, depois de viajar para os estados unidos e encarar a megafila do caixa, você descobrir que o cartão está bloqueado? Quem deseja usar essa forma de pagamento deve avisar ao banco que pretende fazer compras no exterior. Aproveite para tirar dúvidas com seu banco sobre limite de crédito – e, quem sabe, já aumentá-lo.
  • Estude as finanças É importante definir com antecedência quanto se pode gastar. se você não controla suas finanças com muito esmero, talvez não seja má estratégia depositar esse valor, o correspondente ao teto de gastos, em um cartão de débito pré-pago. E nem pensar em recarregá-lo.
  • Chegue cedo Não tem jeito. Se a ideia é conseguir os melhores descontos, há que madrugar e enfrentar filas quilométricas. os produtos mais baratos somem das prateleiras em questão de minutos. O horário de abertura das lojas varia de um lugar para o outro. No ano passado, as unidades da Toys’R’us e do Walmart foram as primeiras a receber o público, a partir das 22 horas da própria quinta. Em seguida vieram Kohl’s, Macy’s, Target e Best Buy, que abriram à meia-noite. A Sears iniciou os trabalhos às 4 horas, e o Sam’s Club, às 5.
  • Prepare-se para a maratona Vale tirar uma soneca durante a tarde da quinta para ter disposição de encarar uma madrugada frenética. Também é bom ter uma alimentação reforçada antes de sair de casa ou levar um lanche – os restaurantes das praças de alimentação abrem, mas espere filas ainda mais irritantes do que as das lojas. Tenha na mala um casaco de respeito, pois é possível que neve em algumas cidades – além disso, as filas que se formam antes da abertura das portas são do lado de fora. E saiba que haverá congestionamento para tudo, desde estacionar o carro até alcanças o objeto de desejo na loja.
  • Use a tecnologia a seu favor Três sites reúnem as principais informações sobre a Black Friday:bfads.netblackfriday.com e tgiblackfriday.com. Todos publicam as principais liquidações e conselhos dos experts para economizar. Além disso, há aplicativos que auxiliam no momento da compra. Um dos mais usados é o TheFind (para Android e iPhone,grátis), que lê o código de barras deum produto e compara o preço como de lojas na redondeza. Para ficarpor dentro dos cupons de desconto,os aplicativos FatWallet e CouponSherpa (ambos para iPhone, grátis) permitem que o consumidor pesquisee imprima os preciosos vales. asredes sociais também fazem parte daliga. A Aeropostale cobra menos dequem faz check-in em suas unidades.
Black Friday: liquidação nos Estados Unidos
  • Faça uma lista O ideal é preparar uma lista de compras bem objetiva e se ater a ela para não comprar por impulso nem se arrepender depois. A Black Friday não é o melhor momento para adquirir roupas de inverno, equipamentos de esqui ou decoração natalina. Mas é a hora certa para levar quase todo o resto. Entre as barbadas de 2011, a Best Buy vendeu TVs de 42 polegadas por US$ 200 e a Apple Store deu descontos de US$ 101 em seus MacBook Air. Já os que compraram um iPod Touch na Toys'R'Us ganharam um vale de US$ 50 para compras futuras na rede.
  • Vá com calma Infelizmente, alguns acidentes e incidentestêm ocorrido todos osanos na Black Friday. No ano passado,uma mulher feriu 20 pessoas aousar spray de pimenta para furar filaem um Walmart de Los Angeles. Em 2008, um funcionário da mesma rede morreu pisoteado quando 2 mil clientes invadiram uma loja de Long Island, em Nova York, cinco minutos antes do horário de abertura. A Federação Nacional dos Comerciantes tem criado diretrizes para desestimular a competitividade entre os consumidores. Como resultado, mapas das lojas são entregues a quem está na fila e a entrada das pessoas passou a ser liberada gradativamente para não gerar tumultos.
Uma segunda chance
Se você não conseguir se dar bem na Black Friday, não se desespere. Na segunda-feira seguinte é a vez do e-commerce de ter seu próprio espetáculo de liquidações. As barbadas não são tão poderosas, mas a maioria dos sites costuma participar. Nesse dia, eles também deixam de cobrar taxa de entrega. No ano passado, a grife Ann Taylor vendeu luvas de couro vermelho com 40% de desconto. E a amazon cobrou US$ 299 (em vez de US$ 548) pelo smarphone Nokia N8. Em 2010, o evento movimentou mais de US$ 1 bilhão, um aumento de 20% sobre 2009. Os brasileiros que vão ficar mais alguns dias nos Estados Unidos podem tirar proveito desse festival. Para tanto, devem fornecer o endereço do hotel para a entrega. Mas existe um risco, pois atrasos são comuns nesse período. Para evitar dor de cabeça, certifique-se da possibilidade de reembolso caso a sua encomenda não chegue antes da data de retorno ao Brasil.
Os campeões das barbadas
As dez lojas campeãs de preços baixos durante a Black Friday de acordo como site The Daily Beast:
1ª Sam's Club | 2ª Kohl's | 3ª Macy's | 4ª Meijer | 5ª Office Depot | 6ª Sears | 7ª Toys'R'Us | 8ª Walmart | 9ª Target | 10ª Best Buy
De olho nos impostos
A maioria das cidades americanas tem bons shoppings, outlets e lojas de departamentos. Mas o preço final de um produto pode variar de acordo com o sales tax, o imposto sobre compras. Fique de olho nessas alíquotas que incidem sobre o valor final, fazendo a aquisição ser mais interessante em determinadas cidades. Veja quanto você paga a mais em:
Portland (Oregon): 0%
Anchorage (Alasca): 0%
Boston: 6,2%
Orlando: 6,5%
Miami: 7%
Las Vegas: 8,1%
San Francisco: 8,5%
Los Angeles: 8,7%
Nova York: 8,9%
Nova Orleans: 9%
Chicago: 9,5%

FONTE: VIAGEM E TURISMO


terça-feira, 9 de outubro de 2012 2 comentários

Cidade do México – Um passeio inesquecível pela história e cultura


A oportunidade de conhecer o México veio através de uma campanha de vendas onde fomos premiados pela Flytour e TAM para conhecer a Cidade do México, destino que está atualmente entre as rotas operadas pela TAM. Quando recebemos a notícia não tive dúvidas: Essa eu vou!! Na verdade era um sonho antigo conhecer esse país, pois aprecio a história e cultura, sem deixar de lado a apimentada culinária.


 Bem vindo ao México!!
Dia 18/09 embarcamos com destino à São Paulo para a conexão. O avião era um Airbus 330 bem confortável, com telas individuais e uma boa programação de entretenimento, especialmente os filmes, assisti 3 durante a viagem. O voo sai às 09h25 de Guarulhos e chega às 17h horário local da Cidade do México, aproximadamente nove horas de voo. A diferença de fuso horário é de 2hs a menos durante esse período em que está no horário de verão. Escurece às 20h e amanhece quase 7h da manha.

Um desembarque tranquilo, porém, o sistema de imigração e segurança sãobem rígidos até a chegada ao saguão do aeroporto, digno de quem faz fronteira com os Estados Unidos. É importante saber que não é permitido tirar fotos ou falar ao celular até chegar ao saguão, uma amiga bateu foto e logo veio uma policial e a fez apagar. Chegando ao saguão,encontramos nosso guia que nos acompanhou durante toda a viagem, Jaime (pronuncia-se Raime).

Aqui fica a primeira dica: vale à pena cambiar dólares por pesos mexicanos no aeroporto, prática um tanto incomum em outros lugares do mundo, porém foi um dos melhores câmbios que conseguimos.Trocamos um dólar por doze pesos e cinquenta centavos (1USD=12,50MXN), convertendo isso em reais, considerando um câmbio de compra de dólar a dois reais e dez centavos, temos que cem pesos mexicanos valem dezessete reais aproximadamente (100MXN=R$ 17,00). 

Seguimos na van para o hotel, pois o trâmite de desembarque foi de aproximadamente uma hora e meia. A primeira impressão é de uma cidade muito grande, com trânsito um pouco complicado, porém bastante limpa e arborizada. Com quase 20 milhões de habitantes é considerada uma das mais populosas do mundo e parece mais com São Paulo que Nova Iorque em termos de organização. O idioma falado no México é o espanhol, mas a comunicação flui normalmente com a fala mais pausada.

Durante o percurso até o hotel Best Western Zona Rosa podemos ver vários monumentos e parques, e este é um ponto que chama bastante atenção durante todos os trajetos. Ficamos em uma região chamada Zona Rosa, que é bem próxima do centro financeiro e cercada por várias avenidas importantes que cruzam toda a cidade. Outro ponto a destacar é o policiamento. São muitas viaturas passando a todo momento com vários policiais armados de fuzis e metralhadoras, porém não vimos nenhum incidente de violência. O motivo do policiamento tão ostensivo é a guerra contra o narcotráfico.  A Zona Rosa é um bom local, que recomendo para ficar hospedado, além de outros hotéis próximos à Avenida Reforma.

 Tacos no restaurante Tenampa
Com muita vontade de saborear um taco procuramos um local bem tradicional e achamos a Plaza Garibaldi que na verdade é um ponto de encontro dos “mariachis”. São figuras tradicionais do México que cantam e tocam nas mesas de bares e restaurante que ficam arredor da praça. Muito bem vestidos e educados, sempre pedem permissão para tocar na mesa.Uma comida muito gostosa e bem típica com uma autêntica cerveja Modelo Negra mexicana (umas das mais gostosas de lá) ou uma bela tequila no restaurante Tenampa, que parecia ser um dos mais organizados. A comida no México não é cara, na maioria dos locais um bom prato custa uns 120 pesos, a cerveja 35 e a água em torno de 15 pesos. O taxi do hotel custa em torno de 150 pesos, porém é seguro pegar táxis comuns que vão custar 100 pesos. 
Praça Garibaldi com os Mariachis
No outro dia cedo partirmos para Taxco distante duas horas e meia por uma estrada bem cuidada e privatizada com pedágios. Saímos dos 2.400mts de altitude da Cidade do México, subimos até 3.100mts e depois descemos para os 1.500mts de altitude, onde encontramos a pequena cidade que se destaca pelas belas joias de prata e por ser uma cidade bem histórica com ruas estreitas de calçamento. Logo na entrada uma parada num ponto de venda de jóias, onde pudemos conhecer um pouco da história do local e da prata, além de ensinarem como reconhecer a prata legítima 925 que significa 92,5% de prata e 7,5% de liga metálica. Aqui uma curiosidade: antigamente usavam prata com liga de cobre e por isso ficava preta com o tempo, agora misturam com o zinco que não muda de cor. Também o processo de separação da prata na pedra era através do fogo e atualmente usam produtos químicos para o manuseio.

 Igreja de Santa Prisca em Taxco
Além de comprar prata a preços muito acessíveis e as mais variadas peças fabricadas, conhecer um pouco da história da colonização mexicana visitando a Igreja de Santa Prisca é um passeio que não pode deixar de ser feito, pois a beleza e os detalhes da arquitetura barroca misturada com a neoclássica impressionam!A cidade caracteriza-se pela história e arquitetura das casas antigas e predominantemente de cor branca e bem cuidadas, além dos vários fuscas (táxis) que vão e vem a todo instante nas subidas e descidas sem nenhuma ordem de tráfego. Se tiver tempo vale a pena um pequeno passeio de van ou fusca por 5 pesos para conhecer melhor o local. A indicação de hotel é o Monte Taxco que fica no ponto mais alto da cidade. Para chegar lá, precisamos pegar um teleférico onde pudemos desfrutar de uma vista maravilhosa. O clima bem agradável e uma comida bastante apetitosa deixam a noite mais aconchegante. 




Ruas e arquitetura de Taxco
 Interior da Igreja de Santa Prisca

No dia seguinte seguimos para Acapulco, que fica a mais 4 horas de estrada, onde ficamos por dois dias. A cidade é dividida em três regiões, sendo uma onde não existem hotéis na orla, outra com a rede hoteleira e comercial e uma mais afastada considerada a “Nova Acapulco”. Fizemos um passeio de barco no fim da tarde, onde pudemos passear pelo litoral ao som de músicas mexicanas bem animadas e com bebida livre. Nada luxuoso, porém um passeio interessante para conhecer um pouco do mar do oceano pacífico e as casas dos famosos. A rede hoteleira está um pouco ultrapassada e antiga, por isso é preciso ter bastante cuidado ao escolher um hotel para se hospedar. Acapulco passa por um processo de revitalização e o governo vem fazendo investimentos para que volte aos bons tempos que já viveu a famosa cidade mexicana dos anos 70, hoje bem mais frequentada pelos mexicanos que procuram a praia e um pouco de diversão. Aconselho a ida para a parte mais nova da cidade onde ficam os novos resorts, lojas sofisticadas e campos de golfe.

Pirâmide Sol em Teotihuacan


Pirâmide Lua em Teotihuacan
Retornando de Acapulco fomos às famosas pirâmides da cidade de Teotihuacan, que fica há uma hora da cidade do México. Este é um passeio que não pode deixar de ser feito, pois a beleza do local contagia e nos faz voltar uns 3.000 anos no tempo quando ali existia uma civilização muito bem organizada econômica e politicamente. Várias esculturas de pedra “Oxidiana” com réplicas das que eram feitas na civilização antiga nos remete à história de um povo que ali morou e pouco ainda se sabe após a descoberta do parque arqueológico. A dica é ir de tênis e com um bom tempo livre para tirar fotos e subir os quase 260 degraus da pirâmide Sol, a maior delas. No local existe um restaurante com comidas bem regionais estilo buffet por USD 12,00. É também uma excelente oportunidade para comprar esculturas de pedra Oxidiana, réplica de máscaras dos imperadores e outros lindos souvenires desse tipo. Existem vários vendedores desses objetos e a ordem é negociar. Começam pedindo 600 pesos e depois vendem a mesma peça por 200 pesos ou menos! Sem dúvida é o melhor local para comprar esses artigos, porém não compre prata, pois certamente será falsa.


Escultura de pedras Oxidiana
Esculturas de pedras Oxidiana


Outra visita que é obrigatória é a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe. Existem duas igrejas sendo uma mais recente. No local é possível comprar terços, camisas, chaveiros, presentes e souvenires. 


Igreja antiga de N. S de Guadalupe



Monumento na Av. Reforma
De volta à cidade do México fizemos um city tour muito interessante e que recomendo que não seja desses panorâmicos, pois a cidade oferece visitas imperdíveis! O centro histórico é um lugar fascinante que merece uma bela caminhada onde horas seriam necessárias para conhecer a história desse lugar onde os astecas foram os primeiros habitantes e fizeram de lá o centro do seu império. Durante a colonização espanhola a cidade foi destruída e reconstruída com influências europeias que se conservam até hoje muito bem restauradas. É um lugar que encanta pelo aspecto cultural e histórico, pois cada canto da cidade respira uma batalha ainda recente na mente dos mexicanos. Inúmeros monumentos lembram a todo o momento o embate das duas culturas e fazem uma miscigenação de influências: hora do reinado asteca, hora da colonização espanhola. 

Antigo mapa da cidade Asteca

Altar da Catedral no
Centro Histórico 
da Cidade do México
A Catedral é o ponto alto dos monumentos com 14 capelas e dois altares, praticamente tudo é revestido de ouro. Museus, praças, parques e prédios antigos tombados pela Unesco dão o ar de cultura do local. A Avenida Reforma é cravejada de monumentos belíssimos, que lembram a cada quarteirão que a história do povo mexicano é de luta. O sentimento nacionalista fica evidente através da bandeira mexicana presente em quase todos os locais, inclusive em várias casas e nos altares das igrejas. Outra avenida que dá nome ao parque Chapultepec é uma das maiores cortando praticamente toda a cidade. O museu de arte moderna, de história natural, de ciências, tecnológico bem como vários outros da cidade merecem destaque e tempo para conhecer. Recomendo pelo menos cinco dias nesta cidade para dar um passeio pela história do México e da civilização humana.


 Interior da Catedral no Centro Histórico da Cidade do México

Não deixe também de experimentar as condimentadas comidas mexicanas como o taco, farritas, nachos, quesadilhas, quase tudo sempre acompanha o creme de feijão, muitas verduras, abacate e bastante condimento, além da saborosa pimenta que não é muito forte e sempre vem a parte. Outra boa dica é não trocar todos os dólares que levar, pois vários locais e alguns restaurantes, aceitam dólar por um câmbio muito bom. Sempre pergunte quanto está o cambio e veja se vale a pena pagar em dólares ou pesos.

Tacos e Nachos


Espero que tenham sentido um pouco do gostinho dessa cidade cheia de história, cultura e monumentos que valem a pena conhecer!  

 Altar secundário da Catedral no Centro Histórico da Cidade do México


terça-feira, 18 de setembro de 2012 0 comentários

Site elege as 10 melhores praias com baladas do mundo


Com todo esse calor, nada melhor que uma bela praia pra relaxar. Conheça as 10 eleitas melhores praias do mundo.



Ibiza, Espanha: algumas pessoas consideram Ibiza como referência para baladas e por isso este lugar não poderia ficar fora da lista. A festa nunca termina nessa ilha, o que atrai turistas o ano inteiro para dormir na praia, dançar na areia e participar da agitação que dura a madrugada toda



Souch Beach, Miami, EUA: estudantes universitários e celebridades se reúnem em South Beach para curtir as festas. Nikki Beach, que é um sofisticado restaurante se transforma em uma balada ao ar livre quando o sol se põe, vale uma visita. As casas noturnas têm pistas de dança, bares, salas exclusivas e ainda oferecem a chance de esbarrar com algum modelo ou astro da música



White Beach, Boracay, Filipinas: essa praia nas Filipinas é tão reservada durante o dia que os frequentadores preferem manter segredo para que não vire um destino muito movimentado no verão. Ainda assim, quando anoitece, o lugar ganha vida. Há shows com fogos de artifício, bandas ao vivo, festas que duram a madrugada inteira e uma grande variedade de casas noturnas e bares que ficam cheios. Não importa o tipo de música que você gosta, com certeza encontrará um lugar com a sua cara



Nissi Beach, Ayia Napa, Chipre: se o que você espera é começar o dia em uma praia com música alta e vista incrível, este é o lugar certo. Em uma ilha localizada no Mar Mediterrâneo, Nissi Beach tem festas com espuma, competições de biquíni e festas para beber e dançar



Kuta Beach, Bali, Indonésia: a partir do momento em que anoitece em Kuta Beach é possível desfrutar de festas e danças até altas horas. O lugar atrai milhares de visitantes todos os anos e tem um ritmo acelerado, com bebidas baratas e música eletrônica. Se quiser tranquilidade, fique longe daqui



Haad Rin Beach, Koh Phangan, Tailândia: todos os meses, por uma noite apenas, essa praia recebe vários visitantes para apreciar a noite de lua cheia com um sistema de som que ganha o ambiente. Se você gosta de música alta, noites sem dormir e festas, Haad Rin Beach é o seu lugar



Gordon Beach, Tel Aviv, Israel: pode parecer surpreendente, mas é nessa cidade do Oriente Médio que existem as praias com vida noturna mais agitada do mundo. Conhecida como a cidade que não para, ela tem 16 praias com festas o tempo inteiro. Se não souber por onde começar, a Gordon Beach é uma boa dica


Psarou Beach, Mykonos, Grécia: com apenas alguns hotéis, a praia Psarou conseguiu permanecer reservada. Ainda assim, a música toca por todos os lados e em algumas partes ficar sem roupa não é considerado uma opção, mas uma obrigação. As festas começam no início da tarde e duram até o sol nascer no dia seguinte



Zrce Beach, Novalja, Croácia: nessa praia de pedrinhas brancas, você encontra o melhor da vida noturna que a Croácia tem para oferecer. Em uma das ilhas mais selvagens do mundo, a festa não para nunca e usar roupas não é necessário


Palolem Beach, Goa, Índia: todos os anos, pelo menos 2 milhões de turistas visitam Goa para curtir festas ao ar livres. Na Palolem Beach, durante a madrugada, há espaço para quem gosta de som alto e quem quer relaxar. Isso porque, a partir de um horário, só é possível curtir as festas com fones de ouvido


Fonte: Terra

segunda-feira, 10 de setembro de 2012 0 comentários

Veja o que você tem em comum com os famosos

Em reportagem, celebridades contam quais foram suas viagens inesquecíveis e ainda comentam sobre os próximos destinos. Confira!


Débora Nascimento
Débora Nascimento, que morou oito meses na Tailândia por conta do trabalho como modelo, disse que ama viajar. “Já viajei bastante, mas amo a Tailândia. Morei lá oito meses e vira e mexe volto para lá. O pessoal é solícito, as praias são incríveis, a natureza e as ilhas são maravilhosas. E as frutas são vendidas como pastel, na rua tem barraquinha com fruta, limpa, cortada e natural, a qualquer hora do dia você encontra em qualquer lugar, é uma delícia”.

José Loreto
Vivendo o personagem Darkson de Avenida Brasil, José Loreto também é outro que curte carimbar o passaporte. “Adoro viajar.  Eu fui para Hollywood, para a Califórnia esquiar, para a França. Aqui no Brasil, gosto de Bonito, é um lugar maravilhoso.” Apesar de tanta bagagem, ele ainda tem vontade de conhecer muitos lugares. “Nunca fui para Nova York, para Argentina, não tive tempo para conhecer este lugares, mas ainda vou”, comentou.
Um dos destinos indicados por Loreto é Bonito, em Mato Grosso do Sul


Giovanna Ewbank 
A atriz Giovanna Ewbank tem uma relação especial com Milão, na Itália. “Fui com meu dinheiro, meu pai falou que só me daria dinheiro quando eu quisesse voltar, para a passagem de volta. Ele achou que eu não iria me virar, fiquei um ano fora, com 18 anos. Foi muito divertido, era eu comigo mesma”, contou. Outra viagem que está na sua lista de inesquecíveis é o Taiti.


Wanessa 
Para a cantora Wanessa, as viagens inesquecíveis foram para o Egito, Grécia e Itália. Mas ainda existem muitos destinos que a cantora pretende encarar. “Morro de vontade de conhecer o Japão, a Tailândia e a Espanha”, contou.


Bruno de Lucca 
Bruno de Lucca indica, para os mochileiros de primeira viagem, cinco destinos que ele assina embaixo. “Barcelona, Los Angeles, Sidney, Morro de São Paulo e Praia da Pipa”. Mas mesmo para ele, que comanda o programa Vai pra Onde?, do canal pago Multishow, ainda existem destinos a serem desbravados. “No Brasil, gostaria de conhecer o Pantanal e, fora, queria ir para o Canadá”.


Rodrigo Faro
Rodrigo Faro tem ótimas lembranças da sua última viagem, para Londres, durante os Jogos Olímpicos. “Fiquei dez dias, foi bem marcante, eu já conhecia, mas pouco. O legal da cidade é que ela consegue manter as características dos prédios, tem prédios lá de 1700. E os que sobreviveram às guerras e ao incêndio têm uma placa dizendo essa parte histórica”, ressaltou. Outra passagem marcante foi sua ida ao Japão. “Pela cultura, pelo desenvolvimento do país”, observa. No Brasil, Angra dos Reis é o seu refúgio preferido. “É um lugar que eu amo, vou sempre, é onde eu descanso mesmo”. Entre os lugares que falta conhecer, está a Tailândia e a Índia. “Tenho vontade de conhecer este lado do mundo. Eu gosto desse choque de culturas, é interessante”, observou.
 Londres, durante os Jogos Olímpicos

Fonte: Terra
quarta-feira, 29 de agosto de 2012 0 comentários

Minha viagem para o Chile


Sempre sonhei em conhecer o Chile e um dos seus principais atrativos: a neve. 

Só não esperava em realizar esse sonho com tanta rapidez, pois ganhei esse pacote maravilhoso com direito a acompanhante,  em um sorteio oferecido por uma operadora de viagens.

Convidei uma amiga pra ir comigo e tivemos apenas três meses para planejar a viagem,  mas esse tempo foi suficiente, pois esse é um destino muito procurado por turistas do nosso país e consequentemente é muito comentado por quem já foi ou por quem sonha em conhecer esse lugar tão diferente do nosso.

Irei transcrever abaixo, algumas das melhores sensações que vivi e momentos que jamais serão esquecidos. Terão algumas dicas de hospedagem, restaurantes, transporte e passeios.



Passamos 6 dias e levamos muita bagagem,  já que estava muito frio por lá,  cerca de 5°C. Como não estávamos acostumadas com esse tipo de clima, ficamos com medo de passar frio e não curtir a viagem, mas nada que um casaco, luvas, cachecol e botas não resolvam.

Saímos de Fortaleza com destino a Santiago, com conexão em Guarulhos. Esperamos 4 horas em São Paulo, mas o tempo passa rápido, pois não quem consiga resistir a tentação chamada Duty Free (livre de impostos), que contém produtos importados com valores bem abaixo dos que encontramos nas lojas.

Como o pacote era completo com todos os serviços inclusivos (transfers, city tour, hospedagem e passeios), assim que chegamos ao aeroporto, já tinha um motorista à nossa espera para nos levar até o hotel.

Ficamos hospedadas no hotel Galerias, localizado no centro de Santiago. O hotel é próximo à lojas, casas de câmbio, metrôs e restaurantes. Além da localização, o hotel é maravilhoso, pois conta com diversos serviços como restaurantes, bares, lavanderia, entre outros.

Não é aconselhável utilizar o telefone do hotel, pois as ligações custam muito caro. Sempre que a saudade apertava, nós íamos até uma cabine telefônica que ficava no metrô e bem próximo ao hotel para fazer as nossas ligações, custa muito barato. Vale a pena!
Hotel Galerias

A moeda mais utilizada no Chile é o peso chileno. Porém, muitos estabelecimentos e ambulantes, aceitam dólar e real.

Chegamos à Santiago de manhã e logo á tarde fizemos o city tour , esse serviço é importante por que conhecemos os principais pontos turísticos e sua localização, facilitando assim a nossa volta aos pontos que achamos mais interessantes e facilita também a nossa locomoção pela cidade. O guia nos surpreendeu nesse passeio, ao nos levar á um mirante e conhecer a cidade de cima. Que vista maravilhosa!


Mirante El Hundimiento


No dia seguinte fomos realizar o nosso maior sonho e principal objetivo no Chile: esquiar na neve. Depois de muitas curvas e vistas exuberantes, chegamos á estação de Ski La Parva.

Preferimos alugar a roupa especializada para a neve em Santiago mesmo, já que o guia nos informou que era bem mais em conta. Custa U$ 50, 00 (calça, casaco, botas e luvas).

Como dito anteriormente, o nosso pacote era completo e nele estava incluso as aulas e os equipamentos de Ski. Mas esquiar não é tão fácil como parece, achei o equipamento bastante pesado e tive dificuldade para me locomover, mas segundo á professora isso é normal. As aulas duram 2 horas e elas são práticas. Com um tempinho praticando tudo vai ficando divertido.


Estação de Ski La Parva
Outra parada obrigatória no Chile é o passeio para as cidades de Vinã Del Mar e Valparaíso. Amamos as duas cidades, mas Viña Del Mar nos conquistou de cara. É muito legal podermos ver animais que nós só conhecemos pelos documentários de TV e desenhos animados, como o pelicano e o leão marinho. E é uma sensação incrível molhar a mão no Oceano Pacífico, a água é muito gelada e é de um azul incrível.

Oceano Pacífico


Em Viña Del Mar tem um Cassino que é muito visitado pelos amantes por jogos. Possui instalações agradáveis, muitas máquinas caça níqueis, jogos de pôquer, entre outros.
                                               
Em frente ao Cassino, você encontra carruagens lindíssimas na qual se pode fazer um passeio pela cidade. Esse passeio custa em média U$ 8,00 e é muito divertido.

Passeio de carruagem em Viña Del Mar

Outra coisa interessante para ver em Viña Del Mar é o Moai . (Os Moai foram esculpidos pelo povo Rapanui que viviam na Ilha de Pascoa. São gigantescas, tendo cerca de 12 metros de altura.  Eles são esculpidos em pedras vulcânicas e possuem diversos mistérios em torno de sua origem e significado: como esculpiram,  quem esculpiu,  como levaram peças tão pesadas a pontos tão distantes da ilha,  o que significam,  etc.)

MOAI


Valparaíso também tem seus atrativos e uma feirinha que vende souvenir , ideal para quem quer comprar mimos para seus parentes e amigos. Gostamos muito do passeio de barco pelo Pacífico, pois a vista é linda.




A noite de Santiago é animada e fomos  ver de perto essa badalação. Precisamos pegar táxi para ir ao Pátio BellaVista e é bem barato, custa em média U$ 7, 00.

Lá possui vários bares e restaurantes e aproveitamos para provar o pisco. O pisco é como se fosse a nossa cachaça e é utilizado em vários drinks, um dos mais conhecidos é o pisco sour, uma espécie de caipinha. Na grastronomia, os frutos de mar e a carne de cordeiro ganham destaque.





Falando de pratos tão requintados, nada melhor que um bom vinho para acompanhá-lo, já que a principal bebida do Chile são os seu vinhos. E é por essa razão que fomos á vinícula Concha y Toro. Lá tem um tour maravilhoso que nos mostra a plantação de uvas de vários tipos e o armazenamento de vinhos nos tonéis.

Achamos interessante a Lenda do Casilleiro del  Diablo, que conta que naquele lugar o vinho é protejido pelo próprio. Além disso, aprendemos como degustar o vinho.

Casillero Del Diablo



Em termos de compras, os produtos não são baratos em Santiago e é preferível comprar no Duty Free.

Na volta pra casa, podemos admirar a Cordilheira dos Andes pela janela do avião e com certeza restará muita saudade.

Santiago, eu indico sempre!





quinta-feira, 23 de agosto de 2012 0 comentários

Dicas importantes para Grávidas que pretendem viajar


A gestação é um período mágico em que as futuras mamães ficam ainda mais bonitas e radiantes.

Se você está grávida e pretende viajar, veja algumas dicas para fazer isso com maior segurança e tranquilidade para você e o seu bebê.

Antes de tudo, consulte seu médico e informe a ele todos os detalhes de sua viagem, como transporte que irá utilizar, duração, o que pretende fazer lá. É importante que você não viaje em datas próximas ao parto.

O primeiro trimestre da gestação é um período de enjôos. O ideal é que você procure viajar depois dele, para evitar aborto espontâneo. Veja também se seu plano de saúde tem cobertura no destino que vai.

Em caso de viagens aéreas, a partir do 7º mês de gestação, será necessário apresentar atestado médico autorizando a viagem; e a partir do 8º mês, o atestado deve conter destino e duração do voo. Beba água para evitar a desidratação, especialmente em aviões e no caso de viagens de longa duração e faça exercícios para ativar a circulação, principalmente, nas pernas.

Tomando esses cuidados, é só curtir bastante sua viagem!

Fonte: Viaje Legal – Ministério do Turismo

terça-feira, 21 de agosto de 2012 0 comentários

Conheça 32 viagens eleitas pela revista Condé Nast como as melhores de todos os tempos


Está pensando em fazer uma viagem e ainda não sabe para onde vai? A revista Condé Nast , especializada em turismo de luxo, indica as 32 melhores viagens de todos os tempos. Confira!

Cabo San Lucas: situada no extremo sul da península de Baja California

Roma Romântica
Poucas cidades são tão românticas quanto a capital italiana. E a coisa fica ainda melhor ao ser recebido com uma garrafa de champanhe na sua suíte com incrível vista panorâmica sobre Roma no luxuoso hotel Cavalieri.

Cruzeiro pelo Danúbio
Um cruzeiro pelo Danúbio é um jeito excelente de conhecer belas capitais europeias, como Viena, Praga e Budapeste. Visitas guiadas particulares e degustação de espumantes húngaros estão no roteiro.

Maravilhas da Turquia
A Turquia tem riquezas históricas e culturais que fazem do país um destino único no encontro entre a Europa e a Ásia. Visitas a ateliês de artesãos de Istambul e passeios de balão sobre as paisagens lunares da Capadócia são algumas das atrações que garantem fazer de sua viagem à Turquia uma lembrança inesquecível.

Maravilhas do Tibete
A imensidão da China esconde inúmeras maravilhas naturais e culturas diferentes e preservadas. No sudoeste do país, o Tibete oferece diferentes experiências, como o tradicional festival equestre de Khampa, e visitas pela capital, Lassa, com as montanhas  do Himalaia como pano de fundo.

Camboja
Com os vestígios arqueológicos do templo de Angkor Wat como principal atração,  Camboja é um dos principais destinos turísticos da Ásia do sudeste. Os turistas deixam o país encantados com sua cultura e suas belezas naturais e não esquecem nunca a proximidade vivida com os elefantes que fazem parte do dia a dia dos locais.

África Selvagem
Misterioso e selvagem, o continente africano é um destino único para safáris, avistando numerosos animais, como leões, elefantes, girafas e muitos outros, em parques e reservas ecológicas. Situado na África do Sul, o Parque Nacional de Kruger é o maior santuário natural da África, com cerca de 20 mil km².

Seguindo a Rota da Seda
Percorrer a antiga Rota da Seda é a oportunidade de conhecer sete países da Ásia e da Europa, como China, Turquia e Itália. No caminho, os turistas encontram atrações históricas, entre elas, os famosos guerreiros de terracota, na cidade chinesa de Xian, e a basílica de Santa Sofia, em Istambul.

Paris com vista para a Torre Eiffel 
Paris é uma cidade vibrante e com um charme absolutamente único e que encanta seus visitantes. E a estadia fica ainda melhor ao se hospedar num luxuoso hotel com vista para a Torre Eiffel, como o Shangri-la. Após um dia de passeios pela capital francesa, os hóspedes podem ter uma deliciosa refeição no restaurante gastronômico do hotel, o  La Bauhinia.

Moscou e São Petersburgo
Capital e antiga capital da Rússia, Moscou e São Petersburgo têm muitas atrações num  país diferente e especial. Em Moscou, os visitantes encontram marcos turístico como o Kremlin e a Catedral de São Basílio, numa cidade cada vez mais moderna desde a queda da União Soviética. São Petersburgo, famosa por suas pontes nas margens do rio Neva, tem uma linda arquitetura tradicional e atrações como o Palácio de Inverno, antiga residência dos monarcas russos.

Golfe na Califórnia
A Califórnia tem um clima agradável e bons vinhos, numa  combinação ideal para relaxar numa viagem tranquila. Aficionados por golfe encontram sua felicidade no resort Grand del Mar, com seu impressionante campo de 18 buracos e um belo visual.

Trilhas no Grand Canyon
Situado no estado americano de Arizona, o Grand Canyon é uma das maravilhas naturais mais incríveis do planeta. O grande desfiladeiro formado pelo rio Colorado encontra-se protegido dentro de um parque nacional de 5 mil km², com muitas belezas geológicas descobertas em trilhas e excursões.

Curtindo o Caribe
A ilha de Anguila é uma das mais bonitas e exclusivas do Caribe, com praias paradisíacas e resorts de luxo. O Galley Bay Resort & Spa é um dos resorts de Anguila que recebem seus hóspedes como ninguém, fazendo da estadia no Caribe ainda mais especial com tratamentos no spa e atividades esportivas como aulas de tênis.

Londres Real
Depois do agito dos Jogos Olímpicos de 2012, é hora de curtir Londres e aproveitar as melhoras no transporte público e na rede hoteleira feita para receber o grande evento esportivo. E o ano do Jubileu de Diamante  é uma boa oportunidade para se interessar na realeza  britânica, parte importante da cultura local. O palácio de Buckingham, a Torre de Londres, com as jóias da coroa, e o palácio de Kensington, antiga residência da princesa Diana, são algumas das atrações “reais” da capital inglesa.

Maravilhas do Egito
Terra de faraós e pirâmides, o Egito é um país com muitas maravilhas para serem descobertas pelos seus visitantes numa viagem no tempo. Perto do Cairo, as pirâmides de Guizé e a Esfinge encontram-se entre os cartões-postais mais famosos do planeta, e garantem fotos inesquecíveis. Cruzeiros a bordo de navios de luxo pelas águas do rio Nilo são ótimas opções para observar belas paisagens e conhecer sítios históricos do Egito.

História e gastronomia no Peru
Nos últimos anos, o Peru vem se destacando como destino turístico dos mais importantes da América latina. Além da tradicional viagem ao sítio arqueológico de Machu Picchu, situado perto da cidade de Cusco, nos Andes, os turistas estão se interessando pela capital, Lima, provando reputada gastronomia peruana. Ao passar por Lima, os visitantes não podem deixar de se deliciar com os pratos nacionais em alguns dos melhores restaurantes, como Astrid y Gastón e Cala.

Dubai e Maldivas
Uma viagem a dois ao paradisíaco arquipélago das Maldivas é um sonho para qualquer casal, para curtir praias virgens espetaculares frente às águas cristalinas do Oceano Índico. No caminho, uma boa ideia é aproveitar e  fazer escala em Dubai, conhecendo o extravagante emirado e seus imensos arranha-céus, hotéis de luxo e shoppings com  produtos das marcas mais famosas do planeta.

Norte da Itália
O norte da Itália é uma região que reúne o melhor do charme e do glamour italiano. Capital da moda, Milão é um sonho para quem gosta de fazer compras, com lojas de grifes famosas e designers estilosos, além do glamour de uma das principais cidades da Europa. Menor, mas não menos charmosa, a cidade de Siena tem belas praças e monumentos, além de restaurantes para aproveitar a deliciosa cozinha italiana.  Situado próximo aos Alpes italianos, o Lago de Como conta com belas paisagens ideais para curtir dias de sol no verão europeu.

Cabo San Lucas
Situada no extremo sul da península de Baja California, Cabo San Lucas é um destino badalado com muito sol e belas praias. Resorts de luxo, como o One & Only Palmilla, e restaurantes gastronômicos, como Agua e Market, são ideais para uma viagem romântica a dois  neste exclusivo destino mexicano.

Cruzeiro pelo Mediterrâneo
Um cruzeiro de nove dias a bordo do Crystal Symphony pelo Mediterrâneo leva os passageiros pelo litoral da Itália, Turquia e Grécia. Além de curtir belas praias e passeios de barco pela costa Amalfitana, o roteiro inclui passeios culturais como visitas ao Vaticano, suas catacumbas e a magnífica Capela Sistina.

Fim de semana em Nova York
Cidade deslumbrante por excelência, Nova York encanta seus visitantes com seus imponentes arranha-céus, seu ritmo vibrante e suas numerosas opções de lojas e restaurantes. Hospedar-se no Four Seasons de Manhattan, com vista para o Central Park, garante um fim de semana em grande estilo, que fica ainda melhor com um tratamento no spa depois de um dia de caminhadas pela cidade.

Alasca com luxo
Destino selvagem e cheio de maravilhas naturais, o Alasca é conhecido por ser um lugar inóspito e rústico. Mas é possível conhecer as belezas do Alasca com conforto e luxo a bordo do cruzeiro Celebrity  Solstice, fazendo excursões de catamarã pelos fiordes e geleiras do litoral.

Cruzeiro em família
Um cruzeiro em família pela Itália é uma boa oportunidade de combinar diversão, sol, e cultura. A bordo do Norwegian Epic, os passageiros percorrem o litoral italiano, conhecendo pontos como os vestígios arqueológicos de Pompéia, além de belas cidades como Roma, Florença e seus museus e monumentos.

Litoral do Pacífico canadense
O Canadá tem uma quantidade incrível de belezas naturais e vida selvagem espalhadas por seu imenso território. Um dos pontos que merece a visita é o litoral pacífico do país, em passeios de helicóptero sobre as águas do lago Foch, e excursões de avistagem de animais como orcas, focas e águias.

Esqui no Utah
Situado na região das montanhas Rochosas, o estado americano de Utah é um dos melhores dos Estados Unidos para esquiar. Usado nas olimpíadas de inverno de 2002,  o Deer Valley Resort fica a 58 km de Salt Lake City e  conta com 113 pistas de diferentes níveis e hotéis de luxo. As pistas estão reservadas para a prática do esqui e o uso de snowboards é proibido.

Conhecendo o Brasil
O Brasil é um destino com numerosas atrações para brasileiros e estrangeiros, que costumam deixar o país apaixonados pela simpatia dos habitantes e pelas belezas naturais do nosso território. O Rio de Janeiro encanta qualquer visitante e é o principal destino turístico do país, que tem muitos outros atrativos, como o Pantanal e seus numerosos animais, a vibrante cidade de Salvador e as imponentes Cataratas do Iguaçu.

Por dentro de Pequim
A China dos dias de hoje combina a modernidade de cidades que crescem a um ritmo impressionante com a tradição de uma cultura milenar muito presente. A capital, Pequim, é a melhor ilustração, com a Cidade Proibida em seu centro e a constante aparição de imponentes arranha-céus futuristas. A cidade tem o melhor da gastronomia chinesa e muitas atrações para seus visitantes, como o Templo do Céu e a Praça da Paz Celestial.

Havaí com as crianças
O arquipélago havaiano é um destino com o qual muitos viajantes sonham para aproveitar suas belas praias com ondas perfeitas para os surfistas e suas belezas naturais em trilhas, vulcões e cachoeiras. O ambiente relaxado e divertido é ótimo para viagens em família, especialmente ao se hospedar no  Aulani, resort da Disney na ilha de Oahu, com muitas atrações para adultos e crianças.

Austrália, de Sydney à Barreira de Coral
Ninguém se decepciona ao viajar para a Austrália, país de destinos vibrantes e incontáveis maravilhas naturais. Cidade mais populosa da Austrália, Sydney tem como cartão postal a sua famosa ópera, onde turistas podem jantar com vista para a baía, e tem uma divertida vida noturna. A Grande Barreira de Coral é um paraíso ecológico formado por cerca de 3 mil recifes, 600 ilhas e 300 atóis, ideal para mergulhar e aproveitar praias incríveis.

Pelas ruas de Buenos Aires
A capital argentina é uma cidade que agrada a todos os gostos, com atrações culturais, ótimos restaurantes, lojas com produtos excelentes e uma agitada vida noturna. E tudo a poucas horas de voo do nosso País, fazendo de Buenos Aires um destino muito apreciado pelos brasileiros para férias e feriados. O Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (MALBA) , os restaurantes de Puerto Madero e os outlets da Avenida Cordoba encontram-se entre os pontos mais frequentados pelos turistas em visita à cidade.

Imensidão da Índia
Com mais de um bilhão de habitantes, a Índia é um “país-continente” que oferece um grande número de atrações espalhadas de norte a sul. Das praias de Goa às paisagens maravilhosas do Himalaia, com o Everest como principal atração, passando pelo belo Taj Mahal e cidades caóticas e surpreendentes como Nova Déli e Mumbai, a Índia é um destino que não deixa ninguém indiferente.

Itália Gastronômica
Aqueles que não temem voltar de viagem com uns quilinhos  a mais podem  comer à vontade com a incrível gastronomia italiana. Massas, pizzas, risotos e queijos acompanhados de excelentes vinhos são só algumas das delicias do país. Provar pizzas em Nápoles, local de nascimento da Margherita,  degustar queijo parmesão recém-produzido em Parma, ou andar pelas ruas de Roma desfrutando um gelato (sorvete) são atividades que garantem uma viagem para lá de gostosa.

Conhecendo Abu Dhabi
O emirado de Abu Dhabi é mais discreto que seu vizinho Dubai, mas também garante diversão a seus visitantes. Recentemente inaugurado, o Ferrari World é um parque temático da famosa marca de carros italiana, com a montanha-russa mais rápida do planeta. A bela Grande Mesquita, um dos principais cartões-postais de Abu Dhabi, e o oásis de Al Ain, encontram-se entre as atrações do emirado.

Fonte: Terra

sexta-feira, 27 de julho de 2012 0 comentários

Viajante Saudável

Na hora de viajar, devemos tomar algumas medidas para não correr o risco de ter problemas fora de casa. 




Antes de viajar, você deve comunicar ao seu agente de viagens algumas coisas importantes:

  • Se você tem alergia a alguns alimentos
  • Problemas cardíacos
  • Se tem necessidades especiais ou qualquer tipo de restrição que exija cuidados especiais durante a viagem.
  • Informar também a medicação e o telefone de uma pessoa para contato em caso de emergências.

Para aquelas pessoas que tiverem problema de saúde e, durante a viagem, queiram realizar atividades físicas que exijam esforço físico ou tenham algum grau de dificuldade, devem consultar um médico antes e procurar saber se tem condições de realizá-lo.
E de preferência, mantenha sua carteira de vacinação atualizada.




É isso gente! Tomem todos os cuidados necessários e se divirtam!
Até logo!

















fonte: viajelegal








 
;